Visualizar novas oportunidades, compreender a importância da mudança comportamental, acreditar no potencial empresarial, identificar pontos fracos e como melhorá-los e reconhecer as habilidades. Esses são alguns dos benefícios relatados pelos 20 participantes do Programa de Formação de Empreendedores (Empretec), em Xanxerê, no oeste catarinense. A iniciativa encerrada no fim de semana foi do Sebrae/SC, da Associação Empresarial de Xanxerê (ACIX) e da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) do município.

A empresária de Ipuaçu, Márcia Dalla Corte, de 37 anos de idade, ficou sabendo do Empretec pelas redes sociais. “Estou cursando Administração e meu esposo finalizou há pouco uma pós-graduação, então, achamos melhor que seria a minha vez de realizar uma capacitação para termos resultados melhores da empresa”, recorda. Segundo ela, ao iniciar as atividades do curso estava apreensiva, mas sabia que seria uma semana intensa, de muito conhecimentos e sentimentos.

“Abri mão da rotina para me dedicar ao Empretec. Estava disposta e me sentia preparada. Em nenhum momento pensei em desistir, porém teve vários períodos desafiadores, difíceis e que precisei avaliar minha postura. O aprendizado adquirido levarei para a empresa e para a vida. Acredito que foi um despertar, uma virada de chave. Saio mais confiante e acreditando no meu potencial como empresária”, avalia Márcia.

O empresário de Xanxerê, Zenilton Jorge Machado, de 38 anos de idade, chegou no Auditório da Associação das Entidades Empresariais (AEEX) sem saber o aconteceria e saiu satisfeito com os resultados. “Aprendi muito em uma semana e será um desafio seguir com o que o Empretec me ofereceu. Encerro essa etapa com uma mistura de sentimentos, receio de colocar em prática, mas com a certeza da necessidade de sair da caixinha que vivemos para expandir os horizontes. O curso trabalhou muito a questão do medo, principalmente, do EU, que é o mais difícil de lidar. Meu desafio será mudar para melhorar”, analisou ao comentar que conduz o curso para adolescentes Geração Empreendedora, na ACIX.

Para o administrador Luã Balin, de 30 anos de idade, participar do Empretec foi um desafio. “Vim motivado pelas recomendações e pelos comentários e percebi que é fora do comum mesmo e muito mais do que ouvi. Vale a pena! Quem tiver a oportunidade deve aproveitar”, recomenda. Segundo Luã, durante a semana teve vários picos de emoção. “Em alguns estava muito motivado, mas de repente temos um choque de realidade e observamos que temos muito a melhorar. Logo depois percebemos que estamos no caminho certo”, comentou.

Os promotores desta edição do Empretec – ACIX, CDL Xanxerê e Sebrae/SC – agradecem os participantes que acreditaram e apostaram na qualificação. As entidades buscaram fomentar o empreendedorismo e o aprimoramento profissional e pessoal na região.

EMPRETEC

A metodologia é da Organização das Nações Unidas (ONU) e busca desenvolver os padrões de comportamento de sucesso, identificar e fortalecer essas características e aumentar os resultados empresariais, além de formar intraempreendedores

As próximas edições do Empretec na região oeste serão: de 23 a 28 de agosto em Itapiranga; de 4 a 9 de outubro em Chapecó e nova turma em Xanxerê em data a definir.

Fonte: Sebrae

WhatsApp Image 2021 07 26 at 15.33.13
Edição do programa encerrou no fim de semana

WhatsApp Image 2021 07 26 at 15.33.26
Integrantes da “empresa cria” vencedora Dolce Aroma

WhatsApp Image 2021 07 26 at 15.33.03