Foi realizada na manhã de hoje (19), a reunião on-line Cocreation Lab, promovida pelo Sebrae e Projeto Teia, com a finalidade de apresentar a solução de pré-incubação e alinhamentos gerais do programa em 2021 no ecossistema de Xanxerê.

Cocreation Lab é um formato de capacitação de novos empreendedores e colaboradores de empresas públicas ou privadas, com realização de palestras, workshops e treinamentos coletivos e mentorias individualizas por ideia classificada para “pré-incubação”.

A reunião foi acompanhada pela presidente da ACIX, Irene Sá Affolter, parceiros do Projeto Teia e equipe SEBRAE.

O projeto é gratuito para inscrição de toda pessoa que tenha uma ideia inovadora e deseje colocá-la em pratica através de incubadoras. Para os interessados, será lançado edital, com as diretrizes do programa e critérios de inscrição, em abril.

Segundo o professor Luiz Salomão Ribas Gomez que conduziu a reunião juntamente com o SEBRAE, a pré-incubadora fortalece o processo de idealização de novos empreendimentos inovadores, ajudando a tirar a ideia da cabeça e colocá-la no papel.

“Esse processo dá mais clareza sobre o negócio e qual caminho tomar para que a ideia tenha sucesso comercial. Santa Catarina é um estado fértil para essas atividades e vêm se desenvolvendo fortemente, é muito fácil empreender no nosso estado”, comenta Luiz.

O programa tem duração de 5 meses e é híbrido, exigindo dos cocreators (como são chamados os participantes do projeto), o aprendizado em uma plataforma digital que serve como sistema de gestão do projeto, além de um ambiente de ensino online da metodologia TXM Business.

Para implantação no município, o projeto tem custo de R$ 78 mil, destes R$ 36 mil serão pagos pelo SEBRAE e R$ 36 mil pela ACIX e parceiros do projeto TEIA.

“Na plataforma e no cotidiano do projeto, eles têm palestras, workshops, e-books, vídeo aulas e exercícios de formação em criatividade, inovação e empreendedorismo. Eles aprendem a montar o plano de negócios desde o DNA do empreendimento até meditação para melhorar a qualidade de vida dos futuros empresários”, explica Gomez.

A presidente da ACIX, Irene Sá Affolter, destaca que “investir no Cocreation Lab é fundamental para dar fluxo às ações da incubadora, sendo de extrema importância neste momento para instalação e desenvolvimento das novas startups, seguindo o objetivo de transformar Xanxerê em um polo de inovação fazendo acontecer o nosso ecossistema”.

Realdo Tavares, coordenador do Projeto TEIA, comenta que o “Cocreation Lab, é muito importante para startar o ecossistema de inovação em nossa cidade, transformando ideias em negócios através de uma pré-incubadora, onde será possível pensar um novo produto ou serviço, validar e gerenciar a startup, oportunizando às pessoas criativas, inovadoras e empreendedoras, maturar seus projetos e conquistar o mercado”.